Banco de Dados

Desenvolvido em 2016, o Banco de Dados do MUD foi realizado com o apoio do Edital Proac nº 29/2015. Com o intuito de contribuir com a preservação da memória da dança brasileira, esta ferramenta possibilita a pesquisa gratuita de acervos de artistas, grupos e cias de dança no portal do MUD, visando a difusão da história da dança pelo ambiente digital, atingindo um maior número de pessoas e possibilitando a pesquisa e o acesso a informações culturais e históricas.

O projeto contemplou, além da criação e desenvolvimento do Banco de Dados dedicado à pesquisa de acervos, uma série de palestras sobre a história da dança em equipamentos culturais da cidade de São Paulo – Núcleo Luz, Fábricas de Cultura da zona leste de São Paulo: Belém, Tiradentes, Vila Curuçá, Sapopemba e Itaim Paulista – para apresentar o MUD – Museu da Dança, falar sobre a importância da preservação da memória da dança e contar um pouco da história da dança brasileira para os interessados e participativos aprendizes dos cursos livres de ballet, contemporâneo, street dance, jazz, capoeira e circo.

Nesta ação dialogamos com cerca de 300 crianças e adolescentes, a fim de despertar neles o interesse pela história da dança, esclarecendo que a “história” está mais próxima do dia-a-dia do que eles imaginam! Abordamos também acerca da importância da preservação da memória, inclusive para alunos em processo de formação em dança.

Acesse o Banco de Dados aqui e pesquise gratuitamente em nosso conteúdo.