BLOG

05/08/2017

Ruth Rachou no SESC Consolação

Ruth Rachou

Ruth Rachou pertence à geração pioneira da dança moderna

brasileira. Da participação no Balé do IV Centenário de São Paulo, início de sua vida profissional, em 1954, o aperfeiçoamento nas técnicas de Martha Graham e Jose Limón, nos Estados Unidos, passando por programas das TVs Tupi e Record, vão mais de 60 anos de contribuições ininterruptas, tanto como bailarina e coreógrafa, quanto no ensino e disseminação da técnica moderna, que lhe conferiram reconhecimento e prestígio na cena contemporânea.
Neste mês de agosto, Ruth Rachou completa 90 anos, comemorados integralmente no Sesc Consolação, com uma programação que,  mais do que prestar homenagem, busca proteger e difundir a história desta mestra que se confunde com a da própria dança moderna no Brasil.
Começa no dia 28 (segunda), com duas oficinas – ‘Técnica de Dança Moderna de Martha Graham’, ministrada por Rachel Annunciato, que foi aluna e pupila de Ruth Rachou; e ‘Preparação corporal para a Dança’, com o filho Raul Rachou, que seguiu os passos da mãe em trabalhar e criar dança. Como ele mesmo diz “é a tradição em transformação”.
Na terça, 29, Ruth Rachou faz uma Aula Magna, acompanhada por Benjamim Taubkin, como acontecia nos anos 80, antes de o músico se tornar um dos mais conceituados maestros e pianistas do país. Aberta ao público com a participação dos alunos da Escola de Dança de São Paulo da Fundação do Theatro Municipal, será apresentado um compilado da metodologia e técnica de dança desenvolvida ao longo da trajetória de Ruth Rachou.
A ação reservada para o dia 30 (quarta) é a exibição do documentário sobre a trajetória da artista. Com roteiro de Raul Rachou, Talita Bretas e Osmar Zampieri, responsável também pela captação de imagens e montagem, o filme tem como fio condutor sua carreira como reflexão sobre uma geração que se profissionalizou a partir do Ballet do IV Centenário, e encontrou novos mercados de trabalho, desde a recém inaugurada televisão e a incipiente indústria de cinema (através dos estúdios da Vera Cruz), até o projeto do Teatro de Dança Galpão, fruto de novas iniciativas para políticas públicas da cultura. Após a sessão, acontece um bate-papo com a pesquisadora e crítica de dança, Helena Katz, e com o bailarino e professor Raul Rachou.
Para o encerramento das comemorações, no Teatro Anchieta, Mariana Muniz, Rachel Annunciato e Raul Rachou apresentam, sequencialmente, três trabalhos coreográficos em homenagem à mestra: Rachel Annunciato dança “Vivências”, obra de Ruth Rachou, inspirada em Isadora Duncan, que estreou, em 1976, na Sala Galpão, um espaço no Teatro Ruth Escobar, financiado pelo governo do Estado de São Paulo, exclusivamente para acolher os acontecimentos da dança – aulas, conferências, exibição de filmes e apresentações de caráter experimental -, em meio à Ditadura Militar.
Em seguida, atriz, bailarina e coreógrafa Mariana Muniz interpreta “Speranza!”, em releitura da personagem Dona Esperança, criação de Ruth Rachou e José Possi Neto para o espetáculo “Sonho de Valsa”, de 1979, uma mulher presa em seu limitado e solitário mundo doméstico que, sonhando, se descobre dona de uma subjetividade passível de grande transformação interior.
“Duas ou três coisas que eu sei dela”, solo de Raul Rachou, que tem como universo de pesquisa e inspiração a história artística de Ruth Rachou, fecha a noite e encerra as homenagens e comemorações.
Idealizado pelo MUD – Museu da Dança, sob organização de Talita Bretas e Natalia Gresenberg, a proposta “Ruth Rachou 90 anos”, acolhida pelo Sesc Consolação, integra o Projeto contemplado pela 21º Edição do Programa Municipal de Fomento à Dança.
Confira a programação completa:
 
Ruth Rachou 90 anos
OFICINAS
28/08 (segunda-feira)
Local: Sala Ômega
Vagas: 25 pessoas
Inscrição: Enviar carta de interesse + CV p/ danca@consolacao.sescsp.org.br de 01 a 15/08. Divulgação selecionados no portal dia 22/08. Confirmação das Inscrições na Central de Atendimento de 23 a 28/08.
Valor: gratuito
15h às 18h
Técnica de Dança Moderna de Martha Graham
Rachel Annunciato
O foco da oficina é a técnica de Dança Moderna de Martha Graham, um dos grandes nomes da Dança moderna norte-americana. O método Graham cria uma profunda relação entre a respiração e o movimento e dá ênfase ao contato com o chão.
Rachel Annunciato foi aluna e pupila de Ruth Rachou e neste encontro focará com os alunos o percurso vivenciado em anos de aprendizado com sua mestra.
19h às 22h 
Preparação corporal para a Dança
Raul Rachou
Com foco na mobilidade das articulações, a aula terá início com a prática dos ensinamentos de Pilates, tomando o cuidado de fortalecer a musculatura sem enrijecê-la, porque músculos enrijecidos amarram as articulações e somente com articulações desbloqueadas pode-se usar a gravidade como uma força a favor do corpo.
AULA MAGNA COM RUTH RACHOU E BENJAMIM TAUBKIN
29/08 (terça-feira)
19h às 21h
Sala Ômega
50 lugares
Ministrada por Ruth Rachou e seu filho Raul Rachou, acompanhados pelo pianista Benjamim Taubkin, a Aula Magna apresenta um compilado da metodologia e técnica de dança desenvolvida ao longo da trajetória de Ruth Rachou com a participação dos alunos da Escola de Dança de São Paulo da Fundação do Theatro Municipal.
EXIBIÇÃO DO DOCUMENTÁRIO + BATE-PAPO COM HELENA KATZ E RAUL RACHOU
30/08 (quarta-feira)
19h30 às 22h
Sala Beta 
60 lugares
Exibição do documentário da trajetória de Ruth Rachou, que tem como fio condutor sua carreira para a reflexão sobre uma geração que se profissionalizou a partir do Ballet do IV Centenário – um projeto prematuramente abortado –, que encontra novos mercados de trabalho, desde a recém inaugurada televisão e a incipiente indústria de cinema (através dos estúdios da Vera Cruz), até o projeto do Teatro de Dança Galpão, fruto de novas iniciativas para políticas públicas da cultura. Após a sessão, acontece um bate-papo com a pesquisadora  Helena Katz  e  Raul Rachou.
Orientação de pesquisa histórica: Raul Rachou e Ruth Rachou| Roteiro: Osmar Zampieri, Raul Rachou e Talita Bretas | Captação de imagens e montagem: Osmar Zampieri
MOSTRA RUTH RACHOU 90 ANOS
Mariana Muniz, Rachel Annunciato e Raul Rachou apresentam trabalhos coreográficos em homenagem à mestra Ruth Rachou.
31/08 (quinta-feira)
21h
Teatro Anchieta
R$20,00
“Vivências”
Rachel Annunciato sob direção de Ruth Rachou.
Em meio à ditadura militar, a Sala Galpão do Teatro Ruth Escobar acolheu o movimento artístico conhecido como Teatro de Dança Galpão, um espaço oficial e financiado pelo governo do Estado de São Paulo exclusivamente para acolher os acontecimentos da dança, com aulas gratuitas de diversas modalidades, conferências, exibição de filmes e apresentações de caráter experimental. Conhecido como o berço da Dança Contemporânea em São Paulo, foi no Galpão que Ruth Rachou estreou o seu trabalho solo “Vivências”, em 1976, onde Ruth recorda sua identificação com Isadora Duncan.
Para a crítica em dança Helena Katz, o trabalho é “(…) a oposição entre o romantismo libertário de Isadora Duncan e o cotidiano que afoga na poluição e na pressa o romantismo moderno” (In: O Brasil descobre A Dança descobre o Brasil, 1994). Passados 40 anos desde a estreia, a obra continua atemporal.
Para esta remontagem, Ruth Rachou convida a bailarina Rachel Annunciato, que foi sua aluna por 15 anos, é professora das técnicas Martha Graham e Pilates e dançou diversas coreografias de Ruth em sua carreira.
Direção e coreografia: Ruth Rachou | Interpretação: Ruth Rachou e Rachel Annunciato | Criação e operação de luz: Rafael Petri | Classificação: livre | Duração: 20 minutos
“Speranza!”
Mariana Muniz
“Speranza!” dá continuidade ao processo de criação e encenação que partiu das comemorações dos 80 anos da bailarina Ruth Rachou, sob a direção de José Possi Neto. É uma releitura da personagem Dona Esperança, criação de Ruth Rachou e Possi Neto, para o espetáculo “Sonho de Valsa”, de 1979,  uma dona de casa – uma criada talvez -, presa no seu limitado e solitário mundo doméstico. O que vai diferenciá-la de um ser ordinário, é seu universo onírico: sonhando, ela se descobre dona de uma subjetividade passível de grande transformação interior.
Criação e Interpretação: Mariana Muniz | Direção: José Possi Neto | Assistente de Direção: Cláudio Gimenez | Figurino: Fábio Namatame | Cenografia: José Posssi Neto | Operação de luz: Rafael Petri | Classificação:Livre | Duração: 20 minutos
“Duas ou três coisas que eu sei dela”
Raul Rachou
Grande parte do legado de Ruth Rachou continua com seu filho Raul, que seguiu os passos da mãe em trabalhar e criar dança. Como ele mesmo diz “é a tradição em transformação”. Este solo tem como universo de pesquisa e inspiração a história artística de sua mãe.
Criação: Raul Rachou | Interpretação: Raul Rachou e Ruth Rachou  | Criação e operação de luz: Rafael Petri | Classificação: livre | Duração: 20 minutos
______________________________ ________________
Serviço:
Ruth Rachou 90 anos
De 28 a 31/8 – SESC Consolação
Rua DrVila Nova245Vila Buarque – São Paulo
28/8 – Oficinas: 15h às 18h – Técnica de Dança Moderna de Martha Graham, com Rachel Annunciato; 19h às 22h – Preparação corporal para a Dança, com Raul Rachou (Sala Ômega – 25 vagas cada – gratis )
29/8 – 19h às 21h – Aula Magna com Ruth Rachou e Benjamim Taubkin (Sala Ômega – 50 lugares- gratis )
30/8 – 19h30 às 22h – Exibição de documentário da trajetória de Ruth Rachou (Sala Beta – 50 lugares – grátis)
31/8 – 21h – Espetáculos: “Vivências”, com Rachel Annunciato; “Speranza!”, com Mariana Muniz;  “Duas ou três coisas que eu sei dela”, com Raul Rachou (Teatro Anchieta) – Ingressos R$ 6,00 a 20,00.
______________________________ _________________
 
FICHA TÉCNICA DO PROJETO
Idealização: MUD – Museu da Dança
Coordenação artística: Ruth Rachou e Raul Rachou
Orientadores das Oficinas: Rachel Annunciato e Raul Rachou
Orientadores Aula Magna: Ruth Rachou e Raul Rachou
Mesa de Bate-papo (palestrante): Helena Katz e Raul Rachou
Artistas convidados (Mostra de Dança): Mariana Muniz, Rachel Annunciato e Raul Rachou
Pesquisadora (exposição virtual): Bernadette Figueiredo
Organização, catalogação e digitalização de acervo: Isadora Dieb e Tatiana Cotrim
Registro em vídeo das ações e documentário: Osmar Zampieri
Coordenação de Produção: Ação Cênica Produções Artísticas
Assistente de produção e iluminador: Rafael Petri
Apoios: Acervo Multimeio do Centro Cultural São PauloEscola de Dança de São Paulo, Fundação Theatro Municipal de São Paulo, Museu Theatro Municipal de São Paulo, Studio Suzana Andersen e TV Cultura.
*Projeto contemplado pela 21º Edição do Programa Municipal de Fomento à Dança.